É POP na Web! – BRita BRazil lança livro em São Paulo

BRita BRazil lança livro em São Paulo

Assim como aconteceu no Rio, também foi um sucesso, o lançamento de ‘Relatos’, primeiro livro de BRita BRazil, realizado na noite da última sexta, 15, no Espaço Cultural Integra – Núcleo Brasileiro de Desenvolvimento Humano, em São Paulo.

Além da sessão de autógrafos, o evento contou com um debate que teve as participações da coordenadora do local, a psicóloga Pepita Rovira Prunor, Jorge Lordello, bacharel em direito, que foi delegado de polícia, por mais de dez anos, em São Paulo, escritor internacional e apresentador do programa ‘Operação de Risco’, da Rede TV, o professor de yoga, André de Rose com o filho Michael, a bióloga e psicanalista Poliana Martins, a professora de yoga, Clarissa Krpá, o ex-deputado federal Paes Lira, e a educadora Regina Cerchiari, entre outros.

O objetivo de BRita BRazil é alertar a população brasileira dos perigos da bebida ayahuasca, mais conhecida como Santo Daime, uma droga natural, que contém como substância alucinógena, o DMT, ilegal na Holanda, mas comercializada no Brasil e está na lista dos ópios e dos psicotrópicos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O livro surgiu após a morte drástica e precoce, em 2016, do seu filho, o baixista Rian Brito, que tinha 25 anos, neto do humorista Chico Anysio e filho do ator Nizo Neto. Segundo ela, o jovem pesquisou e como não encontrou nada que falasse sobre os efeitos colaterais, aceitou o convite do melhor amigo para experimentar. Em dezembro de 2014, teve um surto psicótico na Porta do Sol, conhecida como o Centro de Estudos Xamânicos de Expansão da Consciência.

Foram dois anos de pesquisas, diante de muita dor para nascer a publicação, que possui 43 relatos de vítimas e familiares delas, por consequência da experiência do ayahuasca e depoimentos de médicos conceituados, a opinião técnica do Delegado da Polícia Federal de Brasília, Bruno Fontenele Cabral, entre outros. Em ‘Relatos’, BRita também mostra sua visão, após ter enfrentado com profundidade esse assunto, além de apresentar uma lista com 33 sintomas da doença, gerada pelo Ayahuasca.

Além dessa obra, que está à venda nos sites da ‘americanas.com’ e da editora Fontenele, a autora já escreveu outros seis livros, que serão publicados até 2020.

Sobre a autora:

BRita BRazil ficou conhecida como Márcia Brito, atriz, compositora e modelo nas décadas de 60, 70 e 80, uma top do mundo da moda, em campanhas publicitárias, passarelas, comerciais, editoriais e capas de revistas. Na TV, interpretou Flora Própolis, que tinha o famoso bordão, “Viva a Natureza”, no humorístico “Escolinha do Professor Raimundo”, da Rede Globo. A personagem foi criada pelo sogro, Chico Anysio, em homenagem à sua longa luta ecológica. Em 2014 e 2015, atuou em Malhação, como Indira. A mudança do nome artístico para BRita BRazil há 19 anos, partiu da decisão de entrar na carreira musical como compositora, sem misturar as bagagens anteriores, com a da música.

 

BRita BRazil e Jorge Lordello

BRita BRazil e a psicanalista Poliana Martins

BRita BRazil com a psicóloga Pepita Rovira, fundadora do Núcleo Integra e organizadora o evento.

BRita BRazil com o professor de yoga, André de Rose e seu filho Michael

BRita BRazil com a professora de yoga, Clarissa Krpá

Psicanalista Poliana Martins e BRita BRazil

BRita BRazil e o ex-Deputado Federal Paes Lira

 

BRita BRazil e os convidados no debate

Crédito das fotos – Jeimes Calixto