É POP na Web! – CANTOR GUGA LANÇA SEU PRIMEIRO VIDEOCLIPE

CANTOR GUGA LANÇA SEU PRIMEIRO VIDEOCLIPE

Considerado uma das revelações no mercado do samba, o cantor carioca Guga, de apenas 20 anos, acaba de lançar o videoclipe de ‘Híbrido’ (https://www.youtube.com/watch?v=YFGPaEFMYYo&feature=youtu.be), sua atual música de trabalho. Gravado na Praia da Reserva, Zona Oeste do Rio de Janeiro, o clipe tem direção de João Elias Jr.

“Partindo de uma frase da canção que diz ‘escuta o meu silêncio’, fizemos um paradoxo, procurando fazer imagens que mostrassem o cantor tentando chamar a atenção da amada fazendo cada vez mais barulho para despertá-la. A ideia foi fazer uma analogia sobre o resgate de uma relação perdida, onde muitas vezes, não adianta falar, mas apenas sentir”, explica o diretor. No seu extenso currículo, importantes trabalhos como o roteiro e criação de ‘Pelados em Santos’, do grupo Mamonas Assassinas, primeiro lugar no Top 10, da MTV, por mais de dois meses. No canal, também ganhou vários prêmios, no VMB, com ‘Meu Querubim’ (Travessos) e ‘Vai vadiar’ (Zeca Pagodinho), o prêmio Tim, como o melhor DVD, de 2006, com ‘Pietá’ (Milton Nascimento), entre muitos outros.

O cantor não esconde a satisfação com o resultado “Está maravilhoso e espero que ele possa alcançar cada vez mais o coração das pessoas, assim como eu conquistei o da personagem no clipe”, brinca Guga. Composta por Claudemir Rastafári e Islan Moraes, e recém-lançada pela Maga Produções e Eventos, a música está em primeiro lugar no segmento de samba, nas rádios do interior e litoral do Rio de Janeiro, segundo a Crowley Broadcast Analysis, especializada em gravação e monitoramento.

“É um samba voltado para o pop, o que o deixa mais atual. Estou muito feliz com a aceitação do meu primeiro trabalho”, completa o cantor, que na gravação do clipe, atuou ao lado da modelo, Raphaella Domingues.

Sobre o artista:

O despertar para a música surgiu quando ainda criança, com apenas dez anos, cantando no coral da igreja em que a família frequentava, no bairro do Catete, Zona Sul do Rio, onde nasceu e mora até hoje. Dois anos depois, já integrava a Orquestra Sinfônica Brasileira, onde ficou até os 16 anos, e teve a oportunidade de se apresentar no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e na Sala São Paulo. Segundo Guga, foi um aprendizado maravilhoso. Além disso, aos 13, fez teste para um concurso musical do programa Raul Gil, na época, na TV Bandeirantes. Entre 200 pessoas, foi o único escolhido para estar no último dia da atração, na emissora. Depois dessa fase, resolveu criar um canal no YouTube, onde postava vídeos cantando vários estilos. Após pedidos dos internautas para cantar samba, escolheu gravar ‘Pra não doer’, de Lucas Morato, filho do cantor Péricles. A surpresa é que ele repostou o vídeo nas redes sociais dele, fazendo com que Guga ganhasse vários seguidores. A partir daí, viu que esse era o caminho e não parou mais.

Crédito da foto – Paulo Roberto Lopes

Dos vídeos, surgiram convites para se apresentar, e logo brilharia nos palcos. A primeira apresentação foi no Espaço Bella Vista, na Glória, no Rio, onde viu um show do Dilsinho e disse a um amigo que ainda iria estar ali e foi o que aconteceu. Entre as suas referências musicais, estão Péricles, Thiaguinho e Ferrugem, com quem sonha um dia, fazer uma parceria.