É POP na Web! Confira oito dicas para Criativos trabalharem de casa - É POP na Web!

Confira oito dicas para Criativos trabalharem de casa

Se você é profissional de Criação e está experimentando home office agora, confira estas dicas para manter o foco e ganhar inspiração.
Hoje, Jordan Dyck é Creative Content Manager na Shutterstock, responsável pela educação e pela promoção da rede de contribuidores da empresa (fotógrafos, ilustradores, produtores de vídeo e compositores), mas ela já trabalhou tanto para grandes empresas como por conta própria – e neste post reunimos suas dicas de como manter a automotivação.
Nas últimas semanas, muitas empresas adotaram o home-office como medida de prevenção da proliferação do Coronavirus (covid-19).
Entretanto, esta é uma prática que já vinha crescendo em diversos segmentos do mercado de Comunicação, não ficando restrito apenas a freelancers.
Para profissionais de Criação, existem vantagens tanto trabalhando de casa quanto na empresa. Quando você está no ambiente de trabalho, seja uma agência, uma produtora, um escritório ou estúdio de design, é fácil você receber a colaboração e fazer brainstorm com os colegas. Já quando você trabalha em casa, é preciso buscar outras fontes de inspiração.
Para os que estão começando, aqui vão algumas boas práticas que podem ajudar neste momento de transição, especialmente aos que trabalham na área criativa.

#1: Resista à vontade de começar a trabalhar logo que acordar
Quando você dorme ao lado de um celular que mantem você conectado ao trabalho, seja por whatsapp, Google Hangouts ou Skype, pode ser tentador mergulhar no trabalho desde a hora que você abre os olhos. Mas essa não é a maneira mais eficaz de começar o seu dia. Não só você deixa de dar a si mesmo um momento para respirar e acordar, como muda bruscamente sua mente do modo “descanso” para o modo “desempenho”. E este pode não ser o melhor jeito de despertar sua criatividade.
Ao invés disso, você pode configurar seu alarme para acordar como se você fosse se deslocar até o trabalho.

#2: Vista-se como se estivesse indo para o trabalho
Dentro de casa, é normal que você queira ficar o mais confortável possível. Muitas vezes a Jordan começava a trabalhar na cama, de pijama mesmo. Mas era uma batalha para se sentir conectada profissionalmente ao que estava fazendo. “Não conseguia entrar no ‘modo trabalho’ e no final o meu resultado parecia ser tão ‘preguiçoso’ como a minha aparência.” diz ela.
Este gesto não só faz parecer que você saiu de sua casa e entrou em um escritório, mas seus colegas podem agradecer de você aparecer na tela com um aspecto mais profissional numa reunião virtual. Você também pode escolher um acessório que você gosta, algo que faça estimule a sua criatividade a fluir.

#3: Limpe a caixa de entrada de e-mails e as notificações
Antes de começar a trabalhar, a Jordan separa um tempo para limpar a caixa de e-mails. Quando você trabalha em casa, é possível que você tenha clientes, fornecedores e colegas no mundo todo, e que podem ter começado a trabalhar bem antes de você.
Tire um momento para colocar as mensagens em dia, seja para excluir ou marcar como prioridade o que tiver chegado enquanto você descansava. O mesmo vale para notificações no telefone ou qualquer aplicativo. Isso dá alguma tranquilidade para se concentrar nos jobs.

#4: Prepare um espaço de trabalho profissional

Quando você trabalha em casa, pode ser tentador escolher o ponto mais confortável. Muitas vezes esse é o seu sofá, mas – acredite – suas costas vão agradecer se você evitar o sofá a todo custo. Crie um espaço que pareça que você saiu da rotina doméstica e mudou para a profissional. É compreensível que você não tenha um escritório disponível em casa, ou mesmo um cômodo que você possa fechar a porta. Mas você pode criar um cantinho favorito que seja inspirador.

Isso é especialmente importante para os criativos que estão trabalhando em casa. Uma parede branca é mais difícil de inspirar qualquer pessoa. Então, que tal pregar algumas imagens para criar um quadro divertido, que mantenha o astral enquanto você coloca a cabeça para trabalhar? Outro ponto é o que fica atrás de você, seja uma parede colorida ou uma estante de livros, mas que tenha uma cara mais profissional, para quando você estiver numa vídeo-chamada. Você não vai querer uma cama bagunçada no fundo bem na hora defender as suas ideias, não é?

#5: Benefícios oferecidos no escritório? Bem-vindo aos mimos dentro de casa

O sentimento de estar por fora das novidades e a falta de integração com os colegas pode ser real quando você trabalha em casa. Perder as reuniões e os almoços da equipe ou até a partida de ping pong são fatos. Mas trabalhar em casa também tem vantagens. Uma delas é o tempo dedicado para você. Ao invés de fazer pausa única durante o dia, você pode fazer mini-intervalos para reabastecer sua criatividade.

Se você está se sentindo preso num patamar criativo, tomar um minuto para si mesmo pode ser a chance de um reset. Faça uma meditação de 60 segundos ou uma série de ioga de cinco minutos. Dê uma escapada do seu modo de trabalho por apenas um momento para se concentrar novamente nas tarefas que você precisa completar. Embora você não possa participar de eventos coletivos, trabalhar em casa também tem seus benefícios.

#6: Anote seus planos para o dia

Uma das melhores práticas para trabalhar em casa é começar colocando tudo o que é preciso fazer numa lista de tarefas.

Trabalhar em casa significa ser auto-motivado. Pode levar horas até falar com um colega ou talvez você trabalhe de forma independente.

Para Jordan, fazer uma lista e depois numerar em ordem de prioridade ajuda bastante. Você pode até pegar essa lista e classificar as tarefas em críticas, necessárias e “para quando tiver tempo”.

É uma ótima maneira de acompanhar o que você está fazendo e motivar-se a continuar. Muitas vezes, não nos damos conta do quanto trabalhamos quando estamos em casa. Ao manter uma lista das coisas que você realiza, provavelmente vai perceber que é bem mais do que imagina.

#7: Mantenha a comunicação online

Uma coisa que você vai experimentar quando trabalha em casa é não ter ninguém do seu lado para fazer brincadeiras ou pausas como no escritório.

Mas usar aplicativos para ficar conectado com as pessoas já faz parte do dia-a-dia, e neste contexto tem um papel bem importante. Não tenha medo de enviar um ou dois memes engraçados para estreitar relacionamentos, até mesmo os remotos, com seus colegas no exterior.

Se você é um freelancer e não faz parte necessariamente de uma equipe, uma rápida pesquisa pode encontrar grupos para você se juntar e participar do mercado de Criação. Esta também é uma ótima maneira de fazer networking com pessoas tão apaixonadas pelo trabalho independente como você, e que podem ajudar nas suas empreitadas criativas.

#8: Se você está com dificuldades, procure ajuda

Você pode estar lendo isso porque está temporariamente trabalhando em casa, provavelmente por causa do coronavírus (COVID-19).

Se esse for o caso, esta é uma experiência nova que pode ser estressante. Se está difícil se manter conectado, entre em contato com o RH da sua empresa ou com seus colegas para obter conselhos e dicas úteis.

Embora esta lista de melhores práticas para trabalhar em casa possa ser útil para alguns, cada um trabalha de forma diferente e é importante que você explore e descubra o que melhor funciona para você.

Texto por Kaori Abe