É POP na Web! Entrevista: Conheça Iago Weslley, uma das promessas do funk e pop - É POP na Web!

Entrevista: Conheça Iago Weslley, uma das promessas do funk e pop

por Augusto Vianna

Foto: Divulgação

Jovem, talentoso e carismático! Essas são umas das definições que encontrei para classificar esse jovem de 22 anos que tem a música com uma de paixões, já acumula milhões de visualizações em suas plataformas musicais e tem o funk como influência para carreira. Com certeza ainda iremos ouvir falar muito de Iago Weslley. Em um bate-papo bem descontraído, ele falou sobre seus clipes, mudança de visual e com quem deseja fazer parceria. Confira agora minha entrevista com Iago Weslley ou Mc Iago, uma das promessas da música vindo de Maceió para conquistar o público.

Augusto Vianna – Conta pra gente um pouco de quem é o Iago Weslley?

Iago Weslley – Bom, vamos lá… Iago Weslley é um jovem apaixonado por música desde a infância; comecei cantando na igreja desde pequeno e com o tempo fui explorando outros horizontes como o Funk, um estilo que sempre me atraiu.

 

Augusto Vianna –  Como você ingressou no mundo do funk e nesse mundo pop?

Iago Weslley –  Aos 18 anos eu me afastei da igreja e passei a fazer covers no YouTube, a galera começou a curtir e desde então resolvi levar mais a sério. Sempre gostei de Funk, mas ainda não tinha tomado a atitude de levar isso a sério e ano passado (2018) foi quando eu lancei meu primeiro funk de forma independente (Nunca Nem Vi Ela) e foi um sucesso aqui na região (Maceió – Alagoas), comecei a receber convites para fazer shows e a música também tocou em algumas rádios locais. Eu gosto de dizer que meu estilo é “Pop Funk” porque eu quero que todo mundo possa ouvir e curtir, seja criança ou até mesmo uma família, por isso eu evito adicionar muitos palavrões nas letras.

 

Augusto Vianna – Vimos que você já acumula mais de 2 milhões de visualizações no Spotify e 1 milhão no Youtube? Qual a sensação de saber que já chegou a números tão altos?

Iago Weslley – Eu confesso que fiquei surpreso quando vi os números crescendo rapidamente. Apesar da maioria dos meus plays no Spotify ser dos “covers”, percebi que atualmente minhas músicas autorais também estão tendo mais acessos e isso me deixa confiante. Também é motivo de orgulho pra mim, pois até aqui tenho trilhado meu caminho de forma independente, sem ainda ter um investidor ou empresário injetando grana. Então fico feliz.

 

Augusto Vianna – Você tem um estilo Pop/funk? Quais as suas principais influências dentro destes ritmos?

Iago Weslley – Minhas influências tão sempre mudando, pois a cada dia eu descubro um artista novo que me inspira (risos). Mas sem dúvidas, tenho como influência “Claudinho e Buchecha”, “MC Kevinho” e atualmente “Pedro Sampaio” e “Kevin o Chris” tem me inspirado muito também. Essas são minhas influências do “Pop/Funk”, porém eu tenho muito mais inspirações no Reggaeton também, como “Maluma”, “J Balvin” e “Paulo Londra”.

 

Augusto Vianna – Muitos cantores fazem parceria com outros cantores, que é uma forma de alcançar mais públicos. Tem o sonho de fazer alguma qual parceria?

Iago Weslley – Com certeza sim, meu sonho é fazer uma parceria com Kevin O Chris, Dennis DJ, Pedro Sampaio e Anitta. Sou fã de todos eles, mas também estou aberto a fazer parceria com artistas iniciantes, que estejam no mesmo processo que eu para que possamos somar forças e crescer juntos.

 

Augusto Vianna – ‘Eu não nasci pra relação, eu nasci pra ser contatinho” esse é um dos trechos da sua música “Outro rolê com DJ Batata. Para descontrair, o Iago também é assim na vida pessoal ou só na música mesmo?

Iago Weslley – Meu lema é pega mas não se apega (risos)… Brincadeira… Então… atualmente eu tenho recusado convites de namoro, confesso, porque estou tentando focar na carreira. Eu já fiz um teste e vi que um relacionamento toma muito do meu tempo, não consigo lidar (risos). Então no momento eu tô mais pra “contatinho” mesmo (sic)haha.

 

Augusto Vianna – Em alguns de seus clipes você está quase sempre rodeado de mulheres. Qual a mensagem que você quer passar?

Iago Weslley – Eu vejo que as mulheres hoje em dia são muito discriminadas principalmente no funk, então eu tento passar uma mensagem de que elas são “livres” para se divertir, dançar e curtir com quem elas quiserem. Eu sempre quis abordar o tema da “diversidade” nos meus projetos, no clipe de “Esculacho” tem uma cena de duas meninas se beijando, eu sou contra qualquer tipo de preconceito, por isso gosto de abordar esse tema de liberdade e ousadia. Já venho trabalhando nessa ideia há um tempo, e nos meus próximos clipes vocês poderão ver ainda mais diversidade, pois meu objetivo é fugir desse clichê de que no funk só tem “homem e mulher”.

 

Augusto Vianna – Quem abre suas redes sociais, pode te ver com o cabelo verde, azul e até loiro. É da sua personalidade sempre está mudando?

Iago Weslley – Pode me chamar de camaleão! (Risos), sim, realmente eu gosto de estar sempre mudando, inovando, seja no visual ou nas letras. Eu sou jovem e canto pra uma galera jovem também, os jovens de hoje não gostam de mesmice, querem sempre “o novo”, “a novidade”, e eu gosto muito disso. Mas confesso que o “cabelo azul” já virou minha marca, então vocês sempre vão me ver voltando com essa cor haha.

 

Augusto Vianna – O que teremos de Iago em 2020?

Iago Weslley – Com certeza uma batida mais acelerada Haha, eu presto muito atenção no meu público, no que eles gostam, e ao longo desse ano pude perceber que eles gostam mesmo é de descer até o chão! (Risos), então em 2020 podem aguardar batidas ainda mais envolventes. E por falar em batida envolvente, dia 10 de janeiro vou lançar meu 1º Brega Funk e promete ser um estouro! Espero que todos gostem. Também pretendo fazer parcerias com outros artistas ano que vem; tem muita coisa boa vindo por aí, incluindo clipes novos, já abordando o tema da diversidade. Então é isso, pro ano que vem podem aguardar um Iago ainda mais evoluído. Conto com vocês pra continuar sonhando meu sonho junto comigo. Obrigado!