É POP na Web! O poder feminino Empresária Rosane Oliveira relembra sua trajetória de sucesso - É POP na Web!

O poder feminino Empresária Rosane Oliveira relembra sua trajetória de sucesso

Desde muito cedo, Rosane Oliveira já sabia o que queria da vida e tinha certeza que que iria longe, pois, apesar de ser de uma família muito simples, não poupava esforços para alcançar seus objetivos. Para isso, precisaria trilhar um caminho, subir os degraus da escada da vida. Tinha todo seu plano de vida desenhado na cabeça desde os 12 anos.

Aos 15 anos, Rosane já estava em busca de emprego, naquela época, a única forma de conseguir um emprego era sabendo datilografia. Como sabia que seus pais não teriam condições de pagar, ela pediu ao irmão, que já trabalhava, para treinar na máquina do escritório dele. Mesmo sem os pais autorizarem, o irmão dava dinheiro do ônibus e ela ia todos os dias por 2 meses consecutivos.

Após isso, ela conseguiu sua primeira oportunidade como recepcionista, onde trabalhou dois anos e meio. Rosane lembra que sua primeira realização foi receber o salário e poder passar na doceria, já que não tinha este “luxo” em casa.

Na época do colégio, estudava a noite e o sonho era trabalhar em banco. Em 1990, fez uma seleção em uma instituição financeira, mas como tinha apenas 17 anos, e a vaga pedia que o candidato fosse maior de idade, não foi aprovada. Mas Rosane não desistiu. Atravessou a rua e começou a bater de porta em porta pedindo emprego, qualquer que fosse, que cobrisse a lacuna de oito meses que a distanciava da maioridade. Depois de bater por 3 ruas inteiras conseguiu uma vaga numa pequena imobiliária e ali ficou até o dia 14/04, quando fez 18 anos.

No dia do seu aniversário no horário do almoço, voltou ao banco para fazer a ficha novamente, lembra-se exatamente da feição do recrutador, quando depois de uma breve apresentação de Rosane, reconheceu-a e ficou admirado com a força de vontade. A moça então começou a realizar seu sonho de adolescente.

No período em que estava no banco, ela sempre guardava dinheiro, tinha grande habilidade em vendas e se deu super bem, após 1 ano já vendia mais que os 2 gerentes juntos.

A sua vida foi acontecendo exatamente como ela havia planejado, tudo nos mínimos detalhes.

Ao bater à casa das duas décadas de vida, foi realizando sua profecia dita aos 12 anos. Comprou uma moto, depois a trocou por uma melhor, comprou um carro e, em sociedade com o namorado, trocou por um melhor. Vendo que precisava terminar o relacionamento para ser feliz, pois ele não tinha a mesma visão de crescimento e não sabendo como fazer, aceitou o convite da irmã para passar um tempo na Itália. Deixou o banco para trás e foi viver suas férias de três meses que a fariam voltar e esquecer tudo que havia deixado pra trás. Mas antes comprou a parte do rapaz e ficou com o carro.

Em 1994, no dia que voltou para São Paulo, Rosane não quis nem esperar pelo dia seguinte. Depois do almoço, já procurou uma agência para tentar um novo emprego e conseguiu em uma loja de carro importado como recepcionista.

Como ia a pé para a empresa, a futura empresária adorava olhar tudo em volta e a curiosidade muitas vezes não a impedia de entrar nos estabelecimentos, como tinha um sonho de ter um imóvel entrou na imobiliário Lopes.
Ali conheceu uma pessoa que sugeriu que ela deveria procurar emprego como corretora, já que tinha uma ótima comunicação. Apesar de ter 23 anos e aparentar 17, foi em busca de ser contratada.

Teve que utilizar toda sua persistência para convencer o chefe de que tinha talento para vendas e que seria uma corretora de sucesso e após 45 minutos de argumentação conseguiu o emprego.
Aprendeu tudo o que precisava para demonstrar o quão importante era investir no sonho da casa própria e um dos investimentos mais sólidos que era os imóveis. Ao realizar a primeira venda fez questão de mostrar ao chefe que duvidou de sua capacidade.

Os anos se passaram, e Rosane foi se tornando uma vendedora cada vez mais experiente e muito rapidamente se tornou referência na empresa. Foi promovida à superintendência, o mesmo cargo que ocupava seu marido, um rapaz que conheceu na própria Lopes e que se casaram em menos de 8 meses.

Depois de 11 anos de empresa, Rosane resolveu expandir seus horizontes. Junto a uma conhecida, que tinha experiência em promoção de eventos, abriu a Máxima, uma empresa de promoções e eventos , com foco no mercado imobiliário.

“Começamos numa mesa de madeira, com duas cadeiras, na cozinha da casa dela. A empresa cresceu tanto que, em menos de dois anos, tivemos que ir para outra casa muito maior. A ideia é que ficaríamos ali por pelo menos uns 5 anos, mas, para nossa feliz surpresa, um ano depois, tivemos que sair e ir para um local muito maior”, relembra a empresária.

Em 2006, Rosane começou a universidade apenas para ter o certificado daquilo que a vida havia lhe ensinado nos últimos 15 anos. Cursou Gestão Empresarial. A tão cobrada formação universitária, que era almejada pela família e amigos, enfim estava concluída.

Após muito sucesso e com uma trajetória invejável pelo mercado, em dezembro de 2009, finalizava sua jornada na Máxima. Após uma trágica separação e após perder muito dinheiro, a empresária, que estava grávida do terceiro filho, concebeu uma nova empresa praticamente do zero.

Em 30 de janeiro de 2010, 15 dias após o parto, a DNAA Promoções abria as portas pela primeira vez. Rosane com toda coragem e força recomeçou, voltou a ativa, conquistou novos fornecedores e novos clientes.

“A empresa foi crescendo e tomou corpo, chegamos a 45 funcionários e atendemos a inúmeros clientes do mercado imobiliário, cliente grandes, como a Odebrech, Gafisa, Kallas entre tantas outras. Chegamos a faturar 12 milhões no ano”, conta.

Em 2015, Rosane resolveu tirar um ano sabático nos Estados Unidos. Levou toda sua família para o sonho de estudar nos Estados Unidos, enquanto ela ia e voltada todo o mês para tocar o negócio no Brasil.

Voltando ao Brasil em 2016, com uma crise gigante no mercado imobiliário, teve que enxugar a empresa e recomeçar novamente, mas Rosane tem o lema “O desafio é algo que move sua vida, quando maior o desafio maior a vontade de fazer” e então focou na solução e voltou a conquistar novos grandes clientes como Trisul, Econ, Arquiplan, CNA Spitaletti entre outros.

Em 2018, sentiu que faltava algo a mais, tinha uma vida consolidada, patrimônio, uma família linda, mas ainda faltava algo. Então, após um treinamento de inteligência emocional que ganhou da irmã, resolveu fazer um curso de coach, e como tudo na vida dessa ariana é: pensou e executou, ela fez vários cursos e hoje é considerada uma super mulher, empresaria, coach, Palestrante e ela ajuda imobiliárias, corretores e quem mais interessar a se encontrarem profissionalmente.

“Continuo tocando a agência normalmente pois o meu Know woll é muito grade, mas uso o coach como um hobby , amo ajudar as pessoas a se encontrarem e enxergarem a sua melhor versão.

Em julho de 2019, a empresária participou da jornada empreendedora em Orlando. E deu um presente aos convidados ao sair de São Paulo para palestrar sem custo como convidada nas salas adjacentes. O evento teve como tema: “Seja o Empresário de Sucesso que sua Empresa Precisa pra Ter Resultados Extraordinários”. E contou com grandes nomes como: Thiago Nigro, Geronimo Thelm e Camila Farani.

“Foi uma experiencia incrível e hoje posso dizer com toda certeza: SE eu posso sonhar eu posso realizar! E eu definitivamente levo isso muito a sério, Eu sonho, eu planejo e eu realizo tudo na minha vida! Acredito que nós controlamos nosso destino, só depende de nós! A cada dia tenho o desafio de criar minha melhor versão e assim faço”, finaliza.

Creditos Vhassessoria