É POP na Web! – Vocalista do bloco Desliga da Justiça lança amanhã single autoral nas plataformas digitais

Vocalista do bloco Desliga da Justiça lança amanhã single autoral nas plataformas digitais

O músico Celso Chagas, compositor, fundador e vocalista do Desliga da Justiça, um dos blocos de carnaval mais animados da folia de rua carioca, lança amanhã, dia 19 de outubro, nas plataformas digitais, a música Sexta-feira, single de Coração Vermelho, EP que chega ao mercado em 16 de novembro deste ano.

Cria do subúrbio carioca e conhecido por sua versatilidade e energia nos palcos, o artista de Madureira mostra, em sua estreia autoral, facetas diferentes daquelas que os fãs do bloco estão acostumados a ver e ouvir. Coração Vermelho apresenta dois ijexás, uma balada soul e um rock/pop. “Tentei sintetizar nas quatro canções meu universo imagético e musical, que vai dos pontos de terreiro às baladas de Hyldon, Cassiano e Tim Maia, passando por James Brown, Rita Lee dos anos 1970 e muitos artistas que misturam linguagens, como Moska, com a fotografia, e Arnaldo Antunes, com a poesia. Além disso, fala de alto astral, amor, malandragem ”, destaca.

Crédito da foto: Rodrigo Ferraz

Sexta-feira representa festa, o encontro, a noite, a alegria de viver, em um ritmo que faz tanto referência a Cuba quanto ao Rio de Janeiro. “A letra mistura universos que, apesar de distintos, têm ligação com a ancestralidade, com a dança e o ritmo, com o samba e com a cultura da resistência”, complementa Celso.

Time plural

Gravado no estúdio Casa do Mato, na Gávea (RJ), onde artistas como Vanessa da Matta, Milton Nascimento, Quinho e Fino Coletivo já registraram seus trabalhos, o EP conta com a produção de Pedro Buarque, artista conhecido do cenário independente do Rio de Janeiro por seus álbuns solo e pelas bandas Cinzel e Chalaça, das quais faz parte, e também pelo Bloco pra Iaiá, que apresenta versões criativas para o repertório dos Los Hermanos.

O time de músicos do single Sexta-feira, assim como de todo o EP, mostra a intenção da sonoridade proposta: além de Pedro Buarque na guitarra e violão, o trabalho conta com Helderson Pinheiro, baixista da banda Super Groove, de Gerson King Combo; Luiz Fernando Pitito na bateria, cuja experiência o levou a tocar com nomes como Mauricio Baia, Luis Carlinhos e Ana Clara Horta; Bubu Silva, trompetista que já emprestou seu talento às bandas Cidade Negra, Los Hermanos e Farofa Carioca; Vitor Tosta no trombone, que teve passagens pelo Cinzel e pela Banda Zen, do programa Amor & Sexo; Rodrigo Gordinho nos pianos e teclados, que já acompanhou Michel Teló e Bruninho e Davi; e também Leo Santos, percussionista idealizador do bloco de black music Estratégica.

Crédito da foto: Rodrigo Ferraz